domingo, 29 de julho de 2012

Uma Paisagem no Mínimo Diferente



Você mora em Broken Hill, uma cidade do deserto australiano, a 500 quilômetros de Adelaide (e a 300 da cidade mais próxima).

A paisagem desolada ao seu redor é um tanto encantadora, com tons suaves, solos avermelhados, cangurus correndo, um céu azul e uma sensação pacífica.

Aí, você acorda, abre a porta de sua casa, e dá de cara com árvores e flores de plástico gigantes.





Seu primeiro pensamento é que o dia da invasão alienígena finalmente chegou – porque não começar com a Austrália?

Só que não. É apenas uma ação da Lego, que está criando instalações do tipo – com estruturas 66 vezes maiores do que as peças normais do brinquedo – ao redor de todo o país para comemorar o seu 50º aniversário na Austrália.



Seriam verdadeiras obras de arte, se não fosse pelo fato de que as peças de plástico não tem nada a ver com a vegetação original do deserto.





Pelo menos, no que diz respeito ao quesito “arte”, a escolha da Lego não deve ter sido aleatória, já que a cidade se tornou uma espécie de “meca dos artistas”, por possuir uma “luz mágica” muito amada por cineastas como os que filmaram “Mad Max 2” e “Priscilla, a Rainha do Deserto” em Broken Hill.

Fonte: Gizmodo,Brokenhill

Aqui tem mais: Pelo Mundo